Auxílio-aluguel da FEMA pode ser uma solução de moradia importante para sobreviventes do furacão Laura

Release Date Release Number
NR 017
Release Date:
Setembro 11, 2020

BATON ROUGE, La. – Para os residentes da Louisiana que ficaram desabrigados pelo furacão Laura, é possível que o auxílio-aluguel da FEMA seja uma forma importante de começar a avançar sua recuperação.

O auxílio-aluguel da FEMA é um subsídio temporário para os sobreviventes pagarem por um lugar para morar enquanto desenvolvem planos de moradia permanente, como reparo ou reconstrução de suas casas.

As opções incluem aluguel de um apartamento, casa ou trailer que possa manter os sobreviventes próximos do emprego, da escola, da residência e do local de culto religioso. Os sobreviventes podem encontrar um lugar por meio de buscas on-line ou no jornal local.

Os recursos podem ser usados para depósito de garantia (caução) e aluguel e para cobrir o custo de serviços essenciais, como eletricidade, gás e água. Eles não podem ser usados para pagar por TV a cabo ou internet.

Sobreviventes que moram nas freguesias de Acadia, Allen, Beauregard, Calcasieu, Cameron, Grant, Jackson, Jefferson Davis, Lincoln, Morehouse, Natchitoches, Ouachita, Rapides, Sabine, Union, Vermilion, Vernon ou Winn, sigam esses passos se a sua casa estiver inabitável e você precisar de um lugar para ficar:

  • Os sobreviventes precisam fazer um pedido de cobertura para sua operadora de seguro. Eles devem verificar com o agente de seguro residencial ou de aluguel sobre a cobertura de despesas de subsistência adicionais, ou ALE (additional living expenses), como parte da sua apólice, que pode ajudá-los a se mudarem para uma residência temporária.
  • Os sobreviventes também precisam se inscrever para receber o auxílio da FEMA. Se tiverem seguro, eles têm que enviar os documentos de indenização para análise antes que a FEMA possa determinar seu status de elegibilidade. Se a apólice não incluir ALE, ou se eles tiverem esgotado essa cobertura e sua casa continuar inabitável, os sobreviventes podem ser elegíveis para o auxílio-aluguel da FEMA. Eles podem fazer a inscrição on-line no site disasterassistance.gov, baixando o aplicativo da FEMA ou ligando para a linha de atendimento no telefone 800-621-3362 ou TTY 800-462-7585. Os sobreviventes que utilizam o 711 ou o Serviço de Retransmissão de Vídeo podem ligar para 800-621-3362.
  • Um inspetor da FEMA entrará em contato com os requerentes pelo telefone para fazer perguntas sobre o tipo e a extensão dos danos. Pode ser necessário que a FEMA faça uma inspeção remota se o requerente tiver relatado que não pode ou pode não ser capaz de morar com segurança em sua casa. É importante que a FEMA consiga entrar em contato com os requerentes.  As ligações telefônicas da FEMA podem se originar de números não identificados.

Os sobreviventes devem guardar os recibos por três anos para mostrar como usaram o auxílio concedido pela FEMA. Se o dinheiro concedido não for usado como descrito na carta, é possível que os sobreviventes tenham que reembolsar a FEMA, e eles podem perder sua elegibilidade para outros auxílios federais que podem ajudá-los a ser recuperar do furacão Laura.

Inspeções domiciliares remotas e COVID-19

Devido à COVID-19, as inspeções domiciliares podem ser feitas remotamente pelo telefone. As inspeções remotas oferecem uma nova maneira de avaliar danos, comparável às inspeções tradicionais, em pessoa. Elas aceleram a concessão do auxílio de recuperação aos sobreviventes com base na sua elegibilidade.

Sobreviventes que sofreram danos mínimos e podem morar em casa não serão agendados automaticamente para uma inspeção domiciliar após se registrarem na FEMA. Sobreviventes que encontrem danos significativos causados pelo desastre depois de terem se registrado podem solicitar uma inspeção.

Para obter as últimas informações sobre o furacão Laura, acesse www.fema.gov/disaster/4559 ou siga a conta de Twitter da FEMA para a Região 6 em twitter.com/FEMARegion6.

 

Tags:
Última atualização