Federal Emergency Management Agency

A CRIAÇÃO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO FAMILIAR PODE LHE AJUDAR A SUPORTAR UM DESASTRE

Main Content
Release date: 
07/16/2013
Release Number: 
4086-188

TRENTON, N.J. -- Como muitos residentes de Nova Jersey aprenderam durante a supertempestade Sandy, um desastre natural pode perturbar as comunicações e deixar as pessoas literalmente no escuro e sozinhas.

Quando a tempestade histórica varreu o estado em outubro passado, as linhas de energia caíram, os semáforos pararam de funcionar e redes de comunicação por cabo, internet e telefone celular foram interrompidas.

De repente, milhares de pessoas ficaram por conta própria e "fora da grade", e ficaram incapazes de se comunicar com amigos e entes queridos por dias e, em alguns casos, por semanas.

Quando um desastre da magnitude da supertempestade Sandy ocorre, a situação é assustadora para todos, mas especialmente para as crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais.

E enquanto não pudermos prever os caprichos da Mãe Natureza, com um pouco de planejamento podemos estar melhor preparados para lidar com os desafios de um desses eventos atuais.

Entre as primeiras medidas mais importantes a tomar está desenvolver um plano de comunicação familiar onde cada membro da família possa contar quando ocorrer um desastre.

Aqui estão algumas dicas sobre a redução da preocupação e do estresse que naturalmente surge quando você se sente incapaz de se contatar com os que você ama:

  • Preencha um formulário de contato para cada membro de sua família, que inclua nome, endereço, número de telefones fixos de casa e do trabalho e números de telefones celulares dos membros da família. Inclua o nome de um vizinho ou parente que esteja disposto a responder em caso de emergência.
  • Acerte um ponto de encontro, em seu bairro e fora da cidade, onde os membros da família possam se reunir caso você esteja impossibilitado de ir para casa.
  • Identifique um membro da família ou amigo que more fora do estado que possa atuar como contato central para os membros da família avisarem que estão seguros. Pode ser mais fácil fazer uma ligação para fora da cidade do que obter uma conexão local.
  • Assegure-se de que cada membro de sua família tem o número de telefone desta pessoa de contato, tem um telefone celular ou carrega consigo um cartão de telefone pré-pago para ser utilizado em caso de emergência.
  • Os membros da família podem programar um número "ICE (Em Caso de Emergência)" em seu telefone. Se você ou um membro da família estiver ferido, o pessoal de emergência pode usar esse número para contatar a sua família ou os amigos. Assegure-se de que alertou a pessoa que você escolheu de que estará atribuindo o número de telefone dela como seu contato de emergência.
  • Ensine os membros da família sobre como usar mensagens de texto (também conhecido como SMS ou Short Message Service). As comunicações de texto muitas vezes podem passar quando os telefonemas falharem.
  • Assine serviços de alerta. Muitas comunidades retransmitem mensagens de emergência para os moradores através de telefonemas, e-mails e alertas por texto. Verifique com o seu escritório local de gerenciamento de emergências como assinar o serviço.
  • Depois de ter criado seu plano de comunicação familiar, exercite-o uma vez ou duas vezes por ano. Dessa forma, se um desastre real acontecer, você se sentirá confortável com a rotina e pronto para agir.
  • Atualize as informações que ele contém, quando necessário.

Um pouco de preparação pode cooperar na ajuda para que sua família fique segura e conectada durante uma emergência, tal como a supertempestade Sandy.

Para fazer download de cartões de contato de emergência e obter mais informações sobre o desenvolvimento do Plano de Comunicação Familiar, visite www.ready.gov/family-communications.

A FEMA tem como missão apoiar os nossos cidadãos e prestadores de assistência de modo a garantir que trabalhamos em conjunto enquanto nação com o objetivo de criar, manter e melhorar a nossa capacidade de preparação, proteção, resposta, recuperação e mitigação de todos os perigos.

Siga a FEMA online em www.fema.gov/blog, www.twitter.com/fema, www.facebook.com/fema,e www.youtube.com/fema. Também siga as atividades do Administrador Craig Fugate em www.twitter.com/craigatfema

Os links para mídias sociais que lhe fornecidos são apenas para fins de referência A FEMA não endossa nenhum site, empresa ou aplicação não governamental.

Last Updated: 
07/19/2013 - 12:06
State/Tribal Government or Region: 
Related Disaster: