Federal Emergency Management Agency

PASSOS A SEREM TOMADOS PARA ERRADICAR O MOFO OCULTO

Main Content
Release date: 
06/21/2013
Release Number: 
4086-173

TRENTON, N.J. -- Com o verão no horizonte os residentes de Nova Jersey podem estar procurando em armários, garagens e outros espaços de armazenamento itens sazonais que embalaram em setembro do ano passado.

Ao procurar os itens que você precisa para a temporada de verão, procure por sinais de mofo em áreas de sua residência e em bens que possam ter sido impactados pela supertempestade Sandy.

O crescimento de fungos pode estar escondidos por cima dos tetos, por trás dos muros, nos sótãos e porões ou em espaços de acesso. Procure por sinais indicadores de bolor, que incluem manchas nas paredes e tetos ou por cheiro de mofo pungente.

A persistência de mofo pode ser mais duradoura após os efeitos de uma tempestade e pode representar um perigo para a saúde para algumas pessoas. A exposição ao mofo pode causar irritação nasal e da garganta, tosse ou dificuldade de respirar, irritação ocular ou, em alguns casos, irritação da pele.

Se você vivenciou vazamentos, inundações ou umidade em sua casa ou empresa durante a supertempestade Sandy, é importante realizar uma inspeção completa em sua residência para ter certeza de que não há riscos de mofo remanescente.

O mofo pode ocorrer como resultado de vazamentos em encanamentos, vazamento em telhados ou janelas, alta umidade, inundações ou condensação nas paredes por  isolamento deficiente.

O excesso de umidade é a condição primordial para que o mofo cresça.

O mofo é constituído por fungos que se encontram naturalmente no ambiente. Mas eles podem causar problemas quando crescem dentro das residências e edificações.

Alguns materiais de construção, tais como gesso, placas de forro e molduras de madeira contêm celulose, que é um material onde os fungos podem crescer.

Como eles se alimentam de celulose, o mofo pode enfraquecer pregos, vigas e outras estruturas e causar grandes danos materiais.

Para as áreas com menos de 10 pés, que podem ter sido afetadas pelo crescimento do mofo, um proprietário ou trabalhador de manutenção predial pode ser capaz de erradicar o problema. Se a área afetada pelo mofo for maior do que 10 pés, é melhor
contratar um profissional especializado em remoção de mofo.

Onde procurar o mofo:

  • Em qualquer área onde umidade estive presente ou onde ocorreu inundação
  • Em porões, espaços de passagem0000 e sótãos

O que procurar:

  • Descoloração em paredes ou teto que continua crescendo ou que mude de cor
  • Cheiro de mofo pungente

Eliminação do mofo

  • Identifique e corrija a fonte de umidade
  • Remova e/ou limpe os materiais contaminados por mofo
  • Certifique-se de que a área está completamente seca antes de fazer qualquer trabalho de reforma ou construção
  • Use luvas, respirador, roupas de proteção e óculos de proteção durante a remoção do mofo

O Departamento de Saúde de Nova Jersey distribuiu as Diretrizes contra o Mofo para Residentes de Nova Jersey, um panfleto criado para fornecer orientação aos residentes sobre como enfrentar o mofo em residências no rescaldo da supertempestade Sandy. O panfleto aborda inúmeros temas, inclusive as preocupações com a saúde em função do mofo, como inspecionar em busca de mofo e ferramentas e técnicas para a limpeza.

Os residentes de Nova Jersey podem receber cópias do panfleto, visitando http://nj.gov/health/er/hurricane_recovery_resources.shtml ou ligando para 609-826-4950.

Os residentes de Nova Jersey também podem ligar para 609-826-4950 para falar com a equipe do Programa de Avaliação de Saúde Ocupacional e Ambiental  quanto a questões sobre remoção do mofo.

A FEMA tem como missão apoiar os nossos cidadãos e prestadores de assistência de modo a garantir que trabalhamos em conjunto enquanto nação com o objetivo de criar, manter e melhorar a nossa capacidade de preparação, proteção, resposta, recuperação e mitigação de todos os perigos.

Siga FEMA online em www.fema.gov/blog, www.twitter.com/fema, www.facebook.com/fema, e www.youtube.com/fema. Também siga as atividades do Administrador Craig Fugate em www.twitter.com/craigatfema

Os links para mídias sociais que lhe fornecidos são apenas para fins de referência A FEMA não endossa nenhum site, empresa ou aplicação não governamental.

Last Updated: 
06/24/2013 - 09:17
State/Tribal Government or Region: 
Related Disaster: 
Back to Top