Federal Emergency Management Agency

RECUPERAÇÃO DE NOVA JERSEY: UM MÊS DEPOIS

Main Content
Release date: 
12/04/2012
Release Number: 
037

RECUPERAÇÃO DE NOVA JERSEY: UM MÊS DEPOIS

 

LINCROFT, N.J. – Na noite de 29 de outubro, o Furacão Sandy atingiu a costa de Nova Jersey resultando no desastre mais prejudicial da história do estado.  Desde então os fundos federais destinados a ajudar os moradores e comunidades do estado totalizaram mais de US$ 730 milhões.

O esforço federal implantado para ajudar o estado incluiu 18 agências e mais de 2.600 funcionários. Além disso, sob o Pacto de Assistência de Gerenciamento de Emergências (Emergency Management Assistance Compact - EMAC), 12 estados dedicaram 440 pessoas, além de equipamentos, para apoiar a Nova Jersey. Entre elas estavam equipes policiais oferecendo segurança e apoio de serviços médicos de emergência, abrigo e outras assistências nas necessidades de apoio à vida.

A Guarda Nacional de Nova Jersey respondeu com uma força de mais de 2.200 homens da guarda para apoiar os esforços de resposta em todo o estado. Para Nova Jersey foi a maior mobilização de soldados da Guarda Nacional e o maior esforço humanitário para assistir uma emergência doméstica já orquestrada pelo estado. A Guarda Nacional resgatou mais de 7.000 moradores e seus animais de estimação, operou três pontos de distribuição de combustível, transportou e entregou dezenas de milhares de produtos de necessidades básicas para arsenais localizados nas comunidades afetadas pela tempestade, além de ter fornecido aproximadamente 250 horas de apoio via helicóptero às autoridades civis.

Antes mesmo do furacão Sandy atingir a costa, a FEMA já havia posicionado alimentos, água e cobertores e implantado especialistas de diversos órgãos federais em Nova Jersey, inclusive a Guarda Costeira dos EUA e outros componentes do Departamento de Segurança Interna, do Departamento de Defesa, do Departamento de Transportes, do Departamento de Energia e do Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano para fornecer recursos e orientação para o estado. Juntos, as necessidades críticas de salvamento foram fornecidos imediatamente após o rescaldo: assistência médica de urgência, busca e salvamento, geradores de energia em instalações críticas, combustível para socorristas. 

FEMA também realizou 235 missões de designação para apoiar a resposta a desastres e necessidades de recuperação, totalizando cerca de US$ 250 milhões em assistência projetada. Isso inclui o apoio operacional federal (apoio entre as agências federais) no total de US$ 67,8 milhões, assistência técnica (apoio federal para o estado) de US$ 11,2 milhões, tal com com a experiência trazida para Nova Jersey de apoio na avaliação da infraestrutura crítica em todo o estado, e assistência federal direta de cerca de US$ 170,0 milhões.

Imediatamente após o furacão Sandy ter acontecido, a U.S. Army Corps of Engineers (USACE), trabalhando em conjunto com a FEMA e autoridades locais e estaduais, identificou os locais críticos que precisavam de energia de emergência temporária. Eles instalaram 102 geradores de emergência, entre 31 de outubro e 19 de novembro, para fornecer energia para preservação da vida aos centros 9-1-1, polícia, quartéis de bombeiros, instalações médicas, instalações para manutenção da vida, tais como abrigos, tratamento de água e esgoto, instalações de bombeamento, e outras instalações municipais necessárias para reinstituir o comando e controle locais e a recuperação pós-evento.

A FEMA e autoridades locais e estaduais passaram para a USACE, por sua vasta experiência em remoção de detritos após catástrofes naturais, a missão de assistência técnica no gerenciamento de detritos de Nova Jersey, em 06 de novembro. A USACE colocou os especialistas no assunto de resíduos dos municípios de Monmouth, Ocean, Atlantic, Bergen, Hudson, Essex, Middlesex trabalhando junto com a FEMA, estado, município e autoridades locais para avaliar as quantidades e tipos de detritos e recomendar atividades para a sua remoção. Quantidades de vários tipos de resíduos ainda estão sendo calculadas, mas estima-se um total de cerca de 6,2 milhões de metros cúbicos, ou detritos suficiente para encher o estádio MetLife, em East Rutherford, NJ.

O Corpo de Bombeiros dos EUA forneceu 26 equipes de motosserras, totalizando 520 pessoas para ajudar na remoção de árvores em bairros de todo o estado. Forneceram também quatro equipes de gerenciamento de incêndios, que assistiram o Fire Marshal do estado na coordenação e planejamento de resposta a incêndio.

O presidente Barack Obama, o vice-presidente Joe Biden, o Secretário de Segurança Interna dos EUA  Janet Napolitano, o Secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano Shaun Donovan, o Secretário Executivo de Comércio Rebecca Blank, o vice-conselheiro de Segurança Nacional John O. Brennan, o vice-secretário de Transportes, João Pocari, O administrador da FEMA Craig Fugate e o comandante do U.S. Army Corps of Engineers tenente-general Thomas Bostick passearam pelas comunidades afetadas de Nova Jersey e se reuniram com líderes locais e equipes de emergência para ver os esforços de recuperação e prometer trazer todos os recursos disponíveis para suportar os parceiros locais e estaduais na ajudar aos sobreviventes dos 21 municípios designados para assistência.

"FEMA e toda a família federal têm sido nossos parceiros desde o início", disse o Diretor Coordenador do Estado tenente Jeff Mottley. "Eles anteciparam muitas das nossas necessidades e, quando houve desafios, eles rapidamente ofereceram soluções".

"Dar aos sobreviventes a assistência necessária foi nossa prioridade desde o início", disse o Diretor de Coordenação Federal Michael J. Hall. "Quando as famílias e as empresas começam a se recuperar, comunidades inteiras começam a se recuperar. O mais rápido que  pudermos ter os dólares para recuperação nas mãos de sobreviventes e para reembolsar as comunidades por suas despesas com o desastre, mais rápido eles vão avançar em sua recuperação".

Nos primeiros 30 dias, a FEMA já forneceu US$ 286 milhões de ajuda para pessoas e famílias repararem suas casas danificadas, encontrarem alojamento temporário e ajudarem em despesas, tais como despesas médicas e odontológicas. Mais de 46.000 famílias de Nova Jersey já se beneficiaram desta assistência até agora.

A restabelecimento de energia para mais de 2,6 milhões de casas, empresas e clientes governamentais representou a prioridade crítica. O Departamento de Energia trabalhou em estreita colaboração com o Conselho Estadual de Serviços Públicos na coordenação do restabelecimento da energia. Demonstrando uma resposta verdadeira da comunidade inteira, mais de 23 mil profissionais de serviços públicos se reuniram a partir de empresas de serviços públicos de Nova Jersey e, através de acordos de assistência mútua com empresas de todo o país, trabalharam para restaurar o serviço em todo o estado.

Para atender a uma necessidade crítica em um momento crítico, cerca de 3.000 famílias aproveitaram o programa de Assistência de Acomodação Temporária (Transitional Sheltering Assistance- TSA) para hospedagem em 340 hotéis durante o primeiro período de quatro semanas.

A ajuda aos sobreviventes do desastre que foram deslocados de suas casas devido a danos ou falta de energia encontrar abrigo seguro e protegido é a prioridade principal da resposta. No pico das operações de acomodação, 107 abrigos estavam abertos e tinham 4.370 pessoas. Através de esforços entre governos federal, estadual, setor privado local e agências voluntárias, o último dos abrigos foi fechado em 21 de novembro.

A Administração de Pequenos Negócios dos EUA  abriu 10 Centros de Recuperação de Negócios no estado para fornecer ajuda individual aos donos de negócios que estavam em busca de assistência a desastres e foram aprovadas mais de

US$ 21 milhões em empréstimos para desastre para pessoas e negócios.

Os primeiros Centros de Recuperação de Desastres da FEMA foram abertos apenas alguns dias depois que a tempestade passou e continua assistindo sobreviventes em mais de 36 locais onde cerca de 25.000 moradores receberam assistência e informações sobre sua recuperação.

Mais de 650 especialistas de relações comunitárias da FEMA se reuniram com mais de 86.000 sobreviventes da tempestade, indo de porta em porta. No total, quase 150.000 residências foram visitadas para a transmissão de informações vitais para a recuperação de sobreviventes do desastre.

Mesmo como Sandy continuando seu caminho até a costa leste, a FEMA e o Departamento de Defesa estabeleceram Bases para Apoio de Incidentes em Westover, Massachusetts e Lakehurst, com Nova Jersey posicionando fornecimentos e outros recursos próximos às áreas que estavam no caminho do furacão. Depois da tempestade mais de 1,7 milhões de refeições e 2,6 milhões de lanches foram servidos aos sobreviventes e socorristas.

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos implantou mais centenas de pessoas, inclusive cinco equipes de Assistência Médica em Desastres e três equipes de Emergência de Saúde Pública para apoiar hospitais e abrigos em Nova Jersey. No total, eles foram capazes de assistir mais de 750 pessoas com necessidades médicas.

A FEMA também fez parcerias com a rede de negócios do setor privado, indústria, academia, associações comerciais e outras organizações não governamentais como parceiros idênticos na assistência de recuperação após o Sandy.

O impacto da tempestade em Nova Jersey foi histórico em sua gravidade. A tempestade provocou impactos de até 11 pés de violência no litoral e alturas de ondas superiores a 14 pés foram registradas. As rajadas de vento no pico de 88 mph foram cronometrados no Condado de Essex. Os efeitos devastadores do furacão Sandy afetaram, danificaram  ou destruíram mais de 122.000 estruturas em todos os 21 municípios.

# # #

A missão da FEMA é a de apoiar nossos cidadãos e socorristas a assegurarem, como nação que trabalha unida, a construção, manutenção e aprimoramento de nossa capacidade de preparar para, proteger contra, responder a, recuperar-se de, e mitigar todos os riscos.

Siga FEMA online em www.fema.gov/blog, www.twitter.com/fema, www.facebook.com/fema e em www.youtube.com/fema. Além disso, acompanhe as atividades do Administrador Craig Fugate em www.twitter.com/craigatfema.

Os links de mídias sociais fornecidas aqui são apenas para referência. A FEMA não endossa nenhum site, empresa ou aplicação não governamental.

Last Updated: 
12/04/2012 - 12:51
State/Tribal Government or Region: 
Related Disaster: 
Back to Top